Abandono do Tabagismo

Abandonar o tabagismo é uma tarefa possível com as estratégias certas.

A lista dos benefícios do abandono do cigarro é longa. De acordo com Jaqueline Issa, 20 minutos longe do cigarro são suficientes para diminuir a pressão arterial, que é elevada pela nicotina e, ao longo dos meses seguintes, o ex-fumante já apresenta melhoras na função respiratória. 

Dois anos após o fim do tabagismo, o risco de complicações cardiovasculares cai pela metade; em dez anos, há uma redução expressiva nas chances de câncer; e, em vinte anos, é possível dizer que o indivíduo não tem e nem terá problemas associados ao cigarro. É claro que esses dados fazem parte de uma média estipulada por estudos populacionais – e, portanto, podem variar de acordo com cada pessoa.

Confira 10 maneiras para parar de fumar:

1- Desassociar o cigarro do prazer;
2- Parar gradualmente (grau de dependência alto);
3- Parar de uma só vez (graus de dependência leve e moderado);
4- Distrair-se;
5- Evitar álcool e cafeína;
6- Exercitar-se;
7- Listar os motivos que justificam a decisão;
8- Contar com o apoio dos familiares e amigos;
9- Fazer tratamento médico;
10- Usar adesivos ou mascar gomas de nicotina.